Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

EAP

Mestrado em Econometria Aplicada e Previsão

Lisboa

Coordenadores

Prof. Doutor  JOÃO CARLOS HENRIQUES DA COSTA NICOLAU (Responsável)

Profª. Doutora  ISABEL PROENÇA

Prof. Doutor  NUNO RICARDO MARTINS SOBREIRA

Porquê no ISEG?

·          Porque o ISEG foi a escola pioneira na introdução do ensino da Econometria em Portugal, há mais de 50 anos, tendo assim uma longa tradição no ensino desta disciplina.

·          Porque o ISEG integra o conjunto de docentes do país mais qualificado nas áreas de Estatística, Econometria e Séries Temporais.

·          Porque a grande maioria do corpo docente do ISEG nestas áreas tem trabalho de investigação reconhecido internacionalmente. Alguns dos docentes têm, também, larga experiência de trabalho em projectos de investigação aplicada à realidade económica Portuguesa.

·          Porque este mestrado tem características únicas no país.

 

Apresentação do Curso

O Mestrado em Econometria Aplicada e Previsão (MEAP) prepara profissionais nas áreas quantitativas que são solicitadas por bancos, seguradoras, consultoras, e departamentos de estudos, nos domínios mais variados como a estatística, o planeamento e controlo de gestão, as finanças, o marketing, a análise de risco, entre outros.

O MEAP adequa-se também a quem queira prosseguir os estudos ao nível do doutoramento em Economia e/ou Finanças (a investigação avançada em Economia e em Finanças requer uma forte preparação em Econometria), ou em Matemática Aplicada à Economia e Gestão (do ISEG) onde poderá desenvolver investigação especificamente em econometria.

O MEAP destina-se também a docentes com necessidade de dominar os princípios metodológicos e a utilização empírica de métodos econométricos e de previsão para a sua actividade de investigação.

O curso compreende quatro semestres. Nos primeiros três serão leccionadas as diferentes unidades curriculares que integram o Plano de Estudos.

As aulas funcionam em regime pós-laboral (18h-21h).

No quarto semestre pode escolher entre uma dissertação, um projecto ou um estágio numa instituição pública ou numa empresa de dimensão internacional.

A conclusão do primeiro ano (primeiros dois semestres) do curso de Mestrado permite-lhe obter um diploma de pós-graduação.

 E m cada edição o Banco de Portugal oferece um estágio de 6 meses para a realização do trabalho final de mestrado;

Estes acordos com o Banco de Portugal mostram que o MEAP goza de reconhecimento e prestígio junto de uma das instituições que mais privilegia o uso da Econometria e da Previsão nas suas análises económicas.  

Historial

O ISEG foi a Escola de Economia e Gestão pioneira no ensino dos métodos quantitativos a nível dos cursos de mestrado em Portugal. Em 1982 foi lançado o Mestrado em Métodos Matemáticos para Economia e Gestão de Empresas onde a econometria era leccionada e era área de investigação a nível da dissertação. Em 1988 este curso foi substituído pelo Mestrado em Matemática Aplicada à Economia e Gestão com características semelhantes. Deste mestrado foram criados vários mestrados em 2002 entre os quais o Mestrado em Econometria Aplicada e Previsão (MEAP) de cariz mais prático e mais focado em Econometria (e nas suas subáreas, como por exemplo, Microeconometria, Macroeconometria e Econometria das Séries Temporais). O Seu plano de estudos teve uma redefinição importante em 2007 com a adequação a "Bolonha", e finalmente a sua configuração actual é definida no Despacho nº 10897/2010 de 11 de Junho (publicado em DR de 1 de Julho).

Inicialmente o mestrado funcionou em frequência bienal mas desde o ano lectivo de 2008/2009 que tem funcionado todos os anos e assim se espera que continue no futuro, tendo sido iniciada em 2014/2015 a sua 9ª edição.

Objectivos

O Mestrado tem como objectivo a formação de quadros especializados para instituições financeiras, empresas, e outras instituições públicas e privadas que utilizam a análise e tratamento de dados como apoio à decisão, bem como de docentes e investigadores.

Neste sentido, pretende desenvolver a capacidade de integrar conhecimentos teóricos e empíricos de forma crítica e criativa, e familiarizar os estudantes com vários programas informáticos de análise quantitativa.

Destinatários

O Mestrado em Econometria Aplicada e Previsão destina-se aos que pretendem completar, consolidar, actualizar e aprofundar a formação de primeiro ciclo nas áreas da Estatística, Econometria, Séries Temporais e Previsão.

O curso de Mestrado destina-se, sobretudo, aos que pretendem aproximar-se da fronteira do conhecimento. O curso de Pós-Graduação destina-se aos quadros técnicos que necessitam actualizar-se, bem como aos recém-licenciados que procuram uma especialização técnica.

São consideradas elegíveis candidaturas de licenciados em Economia, Engenharia, Estatística, Finanças, Gestão, MAEG ou Matemática. As candidaturas de outros licenciados serão devidamente consideradas pela comissão científica e pedagógica.

É um Mestrado de natureza profissionalizante, conferindo uma especialização profissional que pode culminar com um estágio no sector empresarial. Também se destina àqueles que desejam potenciar as suas perspectivas de uma carreira académica e/ou de investigação.

 

É um Mestrado de natureza profissionalizante, conferindo uma especialização profissional que pode culminar com um estágio no sector empresarial. Também se destina àqueles que desejam potenciar as suas perspectivas de uma carreira académica e/ou de investigação.

 

Saídas Profissionais

Os graduados em EAP trabalham em:

·        departamentos de estudos e de estatística de instituições públicas;

·      departamentos de estudos e planeamento de grandes empresas;

·      bancos e seguradoras;

·      ensino superior e secundário;

·      investigação;

·      empresas de consultadoria.

Regime de Funcionamento

Pós-laboral:

No 1º, 2º e 3º semestres as aulas das unidades curriculares obrigatórias decorrem entre as 18h e as 21h. As aulas das unidades optativas podem ocorrer de manhã, de tarde ou depois das 18h consoante a escolha dos alunos. Existe uma optativa por semestre.

Propinas

4500 euros