Google

Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

MAEG  >  Miguel Balbina - Aluno do Curso 1997 - 2002

Licenciatura em Matemática Aplicada à Economia e à Gestão

Depoimentos de Alunos Link

Miguel Balbina - Aluno do Curso 1997 - 2002 Link

Miguel Balbina A licenciatura em MAEG dota o aluno de uma vasta formação em Estatística, Econometria, Investigação Operacional, Cálculo Financeiro e Análise Económica, instrumentos fundamentais de previsão e decisão ao nível de custos, proveitos, gestão de recursos, entre outros factores. As cadeiras de Álgebra Linear e de Análise Matemática ministradas no primeiro ano da Licenciatura são fulcrais pois funcionam como um ponto de partida para muitas das cadeiras ao longo do curso. Ao longo do curso são apresentados vários instrumentos informáticos que permitem ao aluno a obtenção rápida de resultados e correspondente análise num determinado contexto económico.

Uma outra componente importante nesta licenciatura é a realização de um estágio final, durante o qual o aluno toma contacto com a realidade de uma empresa, e onde pode aplicar os conhecimentos adquiridos ao longo da licenciatura. As saídas profissionais mais importantes são fundamentalmente: Banca, Seguros, Instituições Financeiras, Logística e Transportes, Instituições Públicas e Informática.

Para mim, que sempre gostei de Matemática, adorei esta licenciatura. Em primeiro lugar, porque quando terminei o ensino secundário tinha uma pequena ideia das reais aplicações da Matemática, o que foi aumentando ao longo do curso, à medida que fui adquirindo conhecimentos nas áreas da Estatística, Econometria, Investigação Operacional, e suas várias aplicações. Em segundo lugar, o estágio realizado no Banco de Portugal deu-me um maior conhecimento do Mercado Financeiro Português, para além de compreender o funcionamento de uma das maiores instituições do país.

Actualmente, na McLane Portugal, está a projectar-se a criação de um algoritmo de optimização das várias rotas pelas quais se faz a distribuição de produto aos clientes, para o que contribuirá decisivamente a minha formação em Investigação Operacional.