Google

Ciências Sociais

Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

ISEG  >  Estrutura  >  Unidades Académicas  >  Ciências Sociais  >  Unidades Curriculares  >  Temas e Debates em Sociologia Económica

Temas e Debates em Sociologia Económica (TDSE-DSEO)

Área

AC Ciências Sociais > UC Doutoramentos

Activa nos planos curriculares

Sociologia Económica e das Organizações 2016 > Sociologia Económica e das Organizações 2016 > 3º Ciclo > Unidades Curriculares Obrigatórias > Temas e Debates em Sociologia Económica

Nível

Doutoramento (D)

Tipo

Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

Aula Teórica (T): 0.0 h/semana

Aula TeoricoPrática (TP): 2.0 h/semana

Trabalho Autónomo: 174.0 h/semestre

Créditos ECTS: 7.5

Objectivos

Os objetivos estão agregados em quatro domínios nucleares:

a) facilitar o conhecimento dos debates atuais com referencial teórico, na área da sociologia económica, de modo a possibilitar a identificação das correntes de pensamento e das problemáticas societais mais significativas;
b) desenvolver o pensamento analítico acerca das dinâmicas do sistema socioeconómico no qual múltiplos actores e grupos de interesse divergentes actuam;
c) possibilitar a aquisição dos instrumentos teórico-conceptuais que permitam, de uma forma acessível, sustentar uma estratégia de investigação;
d) analisar criticamente o quadro teórico-conceptual existente, à luz de novos desafios de investigação, situações ou casos concretos e de propor contributos alternativos.

Programa

O principal propósito é proporcionar aos alunos o contacto com temas atuais de debate e investigação na área da Sociologia Económica. Os temas encontram-se estruturados em quatro grandes eixos, que correspondem a linhas recentes de pesquisa enquadradas na sociologia económica:
- Instituições e mercados: este eixo incide em investigação recente baseada na evolução dos mercados e das várias instituições que os integram ou regulam. Estão previstas, para esta temática, as intervenções de Rabah Benakrouche , sobre economia política e modelos de desenvolvimento capitalista, Amílcar Moreira; sobre contabilidade Tiago Diogo;
- Mudança social: Marisa Gaspar abordará questões relacionadas com o turismo e a construção de novas identidades nas sociedades contemporâneas;
- Ambiente e sociedade: Idalina Sardinha desenvolverá o uso do conceito da sustentabilidade no contexto atual português, e Sofia Bento abordará a construção de instrumentos participativos na governança do ambiente.

Metodologia de avaliação

A avaliação baseia-se:

- na presença e participação ativa ao longo do semestre (10%);
- na realização de um trabalho sobre um dos temas apresentado pelos intervenientes (90%). Cada interveniente disponibiliza no início do semestre artigos permitindo ao aluno efetuar a escolha de problemática a tratar. O trabalho avalia as competências analíticas e de síntese dos alunos sobre o tema escolhido.

Bibliografia

Principal

Community at Risk? Biodefense and the Collective Search for Security

Beamish, T

2015

Stanford University Press: Palo Alto, California.

Introduction: the embeddedness of economic markets in economies. In: The Laws of the Markets

Callon, Michel

1998

Oxford: Balckwell Publishers, 1998, pp. 1-57

Constructing a Market, Performing Theory: The Historical Sociology of a Financial Derivatives Exchange

Donald MacKenzie and Yuval Millo.

2003

American Journal of Sociology 109(1): 107-45.

Le marché vue par la sociologie économique

Steiner, Philippe

2005

Revue Européenne des Sciences Sociales, vol. XLIII, 2005, n. 132, pp. 31-64

Poder político da moeda

Benakouche, Rabah

2018

Curitiba: Editora Appris.

Endividamento Brasileiro. Um Grande Negócio

Benakouche, Rabah

2018

Lisboa: Chiado Editora.

Economic markets as calculative collective devices

Callon Michel, Muniesa Fabian

2005

Organization Studies, n° 26, p. 1229-1250.

De-exoticizing Tourist Travel: Everyday Life and Sociality on the Move

Larsen, Jonas,

2008

Leisure Studies 27(1): 21-34.

Being-on-holiday: Tourist dwelling, bodies and place

Obrador Pons, Pau

2003

Tourist Studies 3(1): 47-66.

Tax evasion and religiosity in the Muslim world: the significance of Shariah regulation

Nurunnabi, Mohammad

2018

Quality & Quantity: International Journal of Methodology, 52, issue 1, p. 371-394.

Participer. Essai sur les formes démocratiques de la participation

Zask, J.

2011

Pari: Le bord de l?eau.

Participation in Transition(s): Reconceiving Public Engagements in Energy Transitions as Co-Produced

Jason Chilvers & Noel Longhurst

2016

Emergent and Diverse, Journal of Environmental Policy & Planning, 18 (5), 585-607.

Corporate Social Responsibility:

Carroll, Archie B. & Brown, Jill A.

2018

A Review of Current Concepts Research and Issues. In Weber, J . & Wasleleski, D. (Eds.) Corporate

Social Responsibility

.

.

U.K.: Emerald Publishing Co., Chapter 2, pp. 39-69.

Corporate Social Responsibility (CSR) is on a Sustainable Trajectory

Carroll AB

2015

J Def Manag 5: 132. doi:10.4172/2167-0374.1000132

The effect of corporate social responsibility on consumer satisfaction and perceived

Loureiro, S.M.C., et al.

.

Journal of Cleaner Production (2012),

value: the case of the automobile industry sector in Portugal

.

2012

Journal of Cleaner Production

Introduction: the embeddedness of economic markets in economies.In: The Laws of the Markets

Callon, Michel

1998

Oxford: Balckwell Publishers, pp. 1-57.

Secundária

Não existem referências bibliográficas secundárias.