Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Trabalho Final de Mestrado

Ano Lectivo: 2010/2011
Aluno: ANA ISABEL AMARO DE SOUSA (33933)
Mestrado: Mathematical Finance
Tipo: Estágio
Título do Trabalho Final de Mestrado: METODOLOGIAS PARA MENSURAR A EXPOSIÇÃO  AO RISCO DE CRÉDITO DE CONTRAPARTE DE  DERIVADOS OVER-THE-COUNTER
Sub Título:
Comentário: -
Instituição: -
Homologação: Dia 20/12/2011 às 14:38 por CARLOS ALBERTO DA SILVA RIBEIRO

Resumo

O Acordo de Basileia III prevê, além do aumento da qualidade e do nível de requisitos de capital, a revisão de métricas com vista a melhorar o nível de exposição ao Risco de Crédito de Contraparte (RCC).
O objetivo deste trabalho é desenvolver metodologias para mensurar a exposição esperada ao RCC de derivados negociados fora de bolsa (Over-The-Counter ? OTC), que consistem em contratos ligados ao futuro valor, ou situação, dos instrumentos subjacentes aos quais se referem.
Neste contexto, a inovação do novo Acordo refere-se à introdução de um encargo de capital para cobrir o risco de perdas do valor de mercado do RCC esperado para os instrumentos derivados OTC. Estas potenciais perdas são denominadas Ajustamentos de Avaliação de Crédito (Credit Valuation Adjustment ? CVA) e podem ser calculadas por diferentes métodos, dependendo para tal da aprovação do Banco de Portugal.
Nas ilustrações, recorre-se frequentemente a Interest Rate Swaps, por serem o instrumento financeiro mais transacionado.
(Português)

Basel III provides an increase of the quality and level of capital requirements, and also it presents a review of the metrics in order to improve the level of exposure to the Counterparty Credit Risk (CCR).
In this framework I will develop methodologies to measure the expected exposure to the CCR of Over-the-Counter derivatives, which are contracts that are linked to the future value of the underlying instruments or situation to which they refer.
In this context, Basel III innovation reports to the introduction of a capital charge to cover the risk of loss of the CCR Mark-to-Market expected value for OTC derivatives. These potential losses are called Credit Valuation Adjustments (CVA) and may be calculated using different methods, which must be approved by Banco de Portugal.
There is a recurrent use of Interest Rate Swaps when providing examples, given that they are the most traded financial instruments.
(Inglês)

Palavras-chave

Basileia III, Risco de Crédito de Contraparte, Derivados negociados fora de bolsa, Ajustamentos de Avaliação de Crédito (Português)

Basel III, Counterparty Credit Risk, Over-the-Counter derivatives, Credit Valuation Adjustment (Inglês)

Resumo Alargado

O Resumo Alargado ainda não foi submetido.

Data da Prova Pública

Data da Prova Pública: 23-12-2011 12:30
Voltar