Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Trabalho Final de Mestrado

Ano Lectivo: 2010/2011
Aluno: ABDELAZIZ IBRAHIM BALDE (37208)
Mestrado: Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais
Tipo: Dissertação
Título do Trabalho Final de Mestrado: Propriedade familiar e desempenho da empresa: análise empírica do sector automóvel português
Sub Título:
Comentário: -
Instituição: -
Homologação: Dia 19/10/2011 às 14:26 por CARLOS ALBERTO DA SILVA RIBEIRO

Resumo

RESUMO

Este estudo analisa a influência da propriedade familiar no desempenho financeiro das empresas de retalho automóvel em Portugal. O estudo incidiu sobre uma amostra constituída por 42 empresas portuguesas no período de 2005 a 2008. Os dados utilizados na amostra são provenientes da base de dados Amadeus.

Em termos globais, as empresas deste sector apresentaram indicadores de performance (ROE e ROA) negativos, sintoma de que o sector apresenta desafios importantes de gestão. Os resultados do estudo mostram que as empresas familiares apresentaram indicadores de performance inferiores face às empresas não-familiares. Adicionalmente, as empresas familiares apresentam um elevado grau de endividamento, menor rendibilidade líquida das vendas e liquidez face às empresas não-familiares. Assim, os resultados sugerem que as empresas familiares deste sector estão confrontadas com desafios acrescidos face às empresas não-familiares.
(Português)

ABSTRACT

This study examines the influence of family ownership on the companies? financial performance in the automotive sector in Portugal. The study was based on 42 companies during the period 2005-2008. The sample data was provided by the Amadeus database.

Overall, the companies studied in this sector presented negative performance measures (ROA and ROE). These findings may suggest that the automotive sector in Portugal is experiencing important management challenges. The results show that family firms underperform in terms of accounting measures compared to their counterpart nonfamily firms. Furthermore, family firms have relatively higher debt ratios, low net profit margin and liquidity to that of nonfamily firms. Thus, the findings suggest that family firms in this sector face more challenges in comparison to nonfamily firms.
(Inglês)

Palavras-chave

Propriedade, Controlo, Desempenho, Empresa familiar (Português)

Ownership, Management, Performance, Family firm (Inglês)

Resumo Alargado

O Resumo Alargado ainda não foi submetido.

Data da Prova Pública

Data da Prova Pública: 15-12-2011 10:00
Voltar