Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Trabalho Final de Mestrado

Ano Lectivo: 2010/2011
Aluno: ANDRÉ GONÇALVES PINTO DE GOUVEIA (37351)
Mestrado: Finanças
Tipo: Projecto
Título do Trabalho Final de Mestrado: An Alternative Stock Index for Benchmarking Portuguese Investment Funds
Sub Título:
Comentário: -
Instituição: -
Homologação: Dia 28/10/2011 às 22:22 por CARLOS ALBERTO DA SILVA RIBEIRO

Resumo

O índice PSI 20 é o padrão de referência por excelência da Euronext Lisboa. No entanto, os gestores de fundos portugueses que investem em ações nacionais podem não ter a possibilidade de replicar a carteira do PSI 20, devido às restrições ao investimento impostas pela regulação europeia para os mercados financeiros, nomeadamente as Diretivas UCITS. Este trabalho vai analisar até que ponto estas limitações podem ser impeditivas da performance dos fundos de investimento.
É feita uma caracterização da legislação aplicável, bem como do segmento de fundos de investimento em ações nacionais que atuam no mercado nacional. Criou-se um índice alternativo ao PSI 20 para o período 2004-2011, respeitando os limites legais ao investimento, que servirá como benchmark da performance da amostra de fundos de investimento, que inclui todos os fundos em atividade durante o período completo em análise. Verificou-se que a nova série de rendimentos do mercado obtida, conquanto não sendo estatisticamente diferente do PSI 20, apresentou um retorno superior e volatilidade ligeiramente inferior.
Procedeu-se à avaliação da performance utilizando indicadores clássicos. Os resultados obtidos sugerem que a maior diversificação imposta pela legislação não tem necessariamente um impacto negativo sobre os retornos obtidos, e que a comparação com um índice sujeito às mesmas regras dos fundos não leva a conclusões mais favoráveis à gestão ativa. Não se encontrou qualquer prova que os gestores de fundos, enquanto grupo, consigam obter de forma consistente uma performance acima do retorno do mercado, ajustado pelo risco.
(Português)

While the PSI 20 blue-chip index has been widely used as a benchmark for the
Portuguese stock exchange, it may not be replicable by fund managers due to
investment limits imposed in UCIT European regulation. This dissertation compares the
relative performance of a set of Portuguese mutual funds against both the standard PSI
20 benchmark and a modified version which fully respects said limits.
Results show that the greater diversification imposed by the legal rules does not
necessarily imply a sacrifice in terms of returns, and that no evidence was found of
consistent, abnormal returns by active management, when evaluated by the modified
benchmark.
(Inglês)

Palavras-chave

Avaliação Performance, UCITS, Alfa, PSI20 (Português)

Benchmarking, Alpha, Mutual fund performance, UCITS (Inglês)

Resumo Alargado

Resumo Alargado_L37351.pdf (7KB)

Data da Prova Pública

Data da Prova Pública: 08-03-2012 12:00
Voltar