Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Trabalho Final de Mestrado

Ano Lectivo: 2010/2011
Aluno: ANA FILIPA SANTOS PONTE (37309)
Mestrado: Economia e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação
Tipo: Dissertação
Título do Trabalho Final de Mestrado: A capacidade científica e tecnológica em África: uma caracterização evolutiva e análise de contexto
Sub Título:
Comentário: -
Instituição: -
Homologação: Dia 04/01/2012 às 00:28 por CARLOS ALBERTO DA SILVA RIBEIRO

Resumo

A pressão sentida pelos países africanos para a transição para modelos de desenvolvimentos menos dependentes da flutuação dos mercados de recursos naturais e mais integrados na economia do conhecimento global exige ações de reforço das suas capacidades endógenas com vista à atração de capital externo. Métodos expeditos de caracterização da evolução das capacidades científicas e tecnológicas em África não estão ainda difundidos, estando em fase exploratória a concepção de sistemas de indicadores nesta área. Esta dissertação propõe uma caracterização objetiva nesse sentido, tentando captar o carácter largamente imaterial do conhecimento naquele continente, mediante um painel de 31 indicadores de desempenho nacional, organizados em 5 dimensões estruturais, e por meio de um método estatístico baseado em análises de clusters que permite a identificação de modelos de desenvolvimento predominantes.
Foram classificados 8 clusters em África e comparadas as suas evoluções relativas entre  1980 e 2008. Resultou evidente da análise a importância crítica da dimensão institucional e o investimento em infraestruturas e difusão tecnológica revelou também grande importância na distinção entre os países, desvendando em certa medida o fator de dependência do passado. No contexto de inércia verificado a nível das estruturas produtivas, os resultados oferecem indicações para reflexão sobre as trajetórias mais adequadas ao desenvolvimento científico e tecnológico em África, nomeadamente o papel que o investimento em recursos humanos qualificados deve assumir tendo em consideração o risco de fuga de cérebros.
(Português)

While African countries progressively feel the pressure to shift towards development models less dependent on the fluctuation of natural resources and more integrated in the global knowledge economy, actions to enforce endogenous capabilities urge in order to attract external investments. Expeditious methodologies to characterize the Science and Technology (S&T) capacitation process in Africa are not commonly used yet, as the implementation of indicators systems in this area is at an exploratory stage. The present thesis proposes an objective characterization in that sense, trying to capture the largely immaterial character of knowledge generation in the continent, based on a panel of 31 indicators of national performance, into 5 structural dimensions, and through a statistical method rooted in a clusters analysis for allowing the identification of major development models.
Eight African clusters have been classified and their relative evolutions were compared between 1980 and 2008. The critical importance of the institutional dimension has resulted clear, and investments in infrastructures and technological diffusion have also showed high relevance for the countries? distinction, confirming the path-dependent phenomenon in Africa to a certain extent. In such an inertial context in terms of production structures, the obtained results provide indications for reflection on which paths to scientific and technological development are more appropriate in Africa, particularly which role should the investment in human resources qualification assume, taking into consideration the risk of brain drain.
(Inglês)

Palavras-chave

África, Capacidades científicas e tecnológicas, clusters, indicadores de C&T, capacidades institucionais (Português)

Africa, Scientific and Technological capabilities, clusters, S&T indicators, institutional capacities (Inglês)

Resumo Alargado

O Resumo Alargado ainda não foi submetido.

Trabalho Final de Mestrado

TeseMestrado - CapacitaçaoCeTAfrica_AnaPonte.pdf (999KB)

Data da Prova Pública

Data da Prova Pública: 11-01-2012 14:00
Voltar