Development Studies

Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

DevStudies DS Lab   1º Workshop DSLab

1º Workshop DSLab

    Como integrar Direitos Humanos em projectos de Cooperação

    Nota biográfica

    Hemma Tengler é doutorada em Geografia pela Universidade de Innsbruck, na Áustria e mestre em Administração de Negócios pela Universidade do País de Gales, na Grã-Bretanha. É professora associada pela Universidade Católica de Moçambique na Cidade da Beira. É especialista em Desenvolvimento Rural e planificação participativa. Tem vinte cinco anos de experiência na gestão de projectos de desenvolvimento da Cooperação Internacional na África Austral, em particular em Moçambique, com destaque em projectos de descentralização e boa governação. Na Universidade Católica de Moçambique introduziu o curso de mestrado online sobre Gestão de HIV&SIDA e Saúde e era coordenadora do programa de HIV&SIDA da Universidade. Publicou os livros "Dondo no Dhondo: Desenvolvimento Municipal Participativo" e "Búzi no Phudji: Desenvolvimento Distrital Participativo". Participou em conferencias internacionais tais como na Conferência Internacional de SIDA e ITSs em África - ICASA. (2013), Cape Town com o paper "Use of Information technology for interdisciplinary courses on HIV and Health Management, Catholic University of Mozambique (UCM)". Desde 2016 Hemma Tengler desempenha a função de consultora para diversas organizações da cooperação internacional e conduz avaliações de projetos e capacitação de parceiros locais.

    Programa

    Objectivo

    Analisar a importância e aplicação da abordagem de desenvolvimento "baseado em Direitos Humanos" em projectos de desenvolvimento.
     

    Metodologia

    O workshop envolve os participantes em discussões de grupo na analise da concretização da abordagem em projectos concretos com base da documentação disponível.

     

    Sessão 1: O surgimento da abordagem "baseado em direitos" e sua incorporação em projetos de desenvolvimento

    A sessão discute como o conceito de abordagem baseada em direitos entrou no discurso de desenvolvimento e tornou-se uma abordagem nova da programação de projectos de desenvolvimento. Depois de dar uma visão geral dos direitos humanos e definir os princípios e características da abordagem baseada em direitos e, os participantes analisam como a abordagem se manifesta no desenho de alguns exemplos de projetos concretos de Angola e Moçambique.

     

    Sessão 2: Implementação e resultados: Lições do campo de projetos baseados em direitos (Exemplos de Angola e Moçambique)

    Os participantes identificam as estratégias de implementação e os resultados da abordagem baseada em direitos de exemplos de Moçambique e Angola tais como o Projeto "Educação em Direitos Humanos" do Instituto de Cidadania MOSAIKO em Angola, "DEC - Buzi, Dondo" (Descentralização e participação comunitária no planejamento municipal e distrital) e HIV / AIDS e Igualdade de Gênero da Universidade Católica de Moçambique.

     

    Sessão 3: Advocacia e Lobbying: Definição, tipos e estratégias

    Sendo a advocacia uma estratégia principal da abordagem baseada em direitos, a sessão pretende desmistificar a advocacia e mostrar que advocacia em projectos de desenvolvimento deve surgir da pratica e não da teoria, isto é das realidades vividas pela população e assim não se limita a um trabalho de peritos juristas. A sessão tem um enfoque duplo: entender a advocacia como um processo participativo enraizado nas necessidades de justiça dos cidadãos e conhecer estratégias de advocacia empreendidas pelas comunidades nos projectos exemplares.