facebookPixel

Development Studies

Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

DevStudies DS Lab   2º workshop DSLab

2º workshop DSLab

    Avaliação e monitorização de projetos de Cooperação para o Desenvolvimento

    Nota biográfica

    Fundador e sócio-gerente da Coatl - Consultoria para o Desenvolvimento, é licenciado em Economia e mestre em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG - UL), tendo realizado a sua tese final de mestrado sobre "A Cultura da Avaliação no sector da Cooperação para o Desenvolvimento em Portugal". Iniciou o seu percurso profissional no setor do Desenvolvimento Internacional em 2009 e possui um extenso know-how no desenho e implementação de avaliações de projetos de desenvolvimento, favorecendo o uso de metodologias participativas e o cruzamento de diferentes métodos qualitativos e quantitativos. Enquanto avaliador colaborou com organizações como o ACNUR (UN), IFAD (UN), OIM, Conselho da Europa, Fundação Calouste Gulbenkian, European Forum for Urban Security (EFUS), European Platform on Learning Mobility (EPLM), Federação das ONG de São Tomé e Príncipe, Fórum Europeu da Juventude, bem como com diversas Organizações Não Governamentais nacionais e internacionais ou organismos públicos. Membro da Sociedade Europeia de Avaliação (EES), da AvalPortugal - Associação Portuguesa de Avaliação, da Bolsa de Avaliadores do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, IP, da Bolsa de Avaliadores da Agência Europeia de Execução do programa de Educação, Audiovisual e Cultura (EACEA), da Bolsa de especialistas de avaliação do Instituto de Estudos sobre Conflitos e Acção Humanitária (IECAH) e da Pelican Initiative: Platform for Evidence-based Learning & Communication for Social Change.

    Programa

    Objectivo Geral

    Dotar as/os participantes de conhecimentos sobre avaliação e monitorização de projetos de Cooperação para o Desenvolvimento, explorando os principais conceitos, abordagens e princípios da função.

     

    Metodologia:

    Metodologias de Educação Não-Formal facilitadoras da apropriação dos conteúdos e maior experimentação/confrontação com potenciais dificuldades a lidar no futuro. Esta abordagem complementa a dimensão mais expositiva dos conteúdos teóricos, com a implementação de exercícios práticos, facilitando a aprendizagem entre pares e a cooperação/trabalho em equipa. 

     

     

    Sessão 1: O conceito de avaliação: significado, objetivos, tipologias e usos (1h)

    A primeira sessão visa introduzir a função avaliação no contexto dos projetos de Cooperação para o Desenvolvimento através da apresentação do significado da função, dos principais objetivos a que se destina uma avaliação, as diferentes tipologias de avaliação e usos para a mesma. O objetivo da sessão é proporcionar às/aos uma visão geral dos principais conceitos e princípios que norteiam o trabalho de avaliação no contexto do Desenvolvimento Internacional.

     

    Sessão 2: Critérios e questões de avaliação (1h30)

    A segunda sessão será focada na exploração dos principais critérios de avaliação definidos pelo Comité de Ajuda ao Desenvolvimento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (CAD/OCDE) e a sua aplicabilidade no caso da avaliação de projetos de Cooperação para o Desenvolvimento. A apresentação teórica dos diferentes critérios será apoiada com a apresentação de uma lista de questões-modelo a utilizar durante uma avaliação e para cada um dos critérios apresentados.

     

    Sessão 3: Métodos e metodologias (1h30)

    A terceira sessão tem como objetivo introduzir aos participantes as principais abordagens metodológicas utilizadas no presente em avaliações de projetos de cooperação para o Desenvolvimento. A introdução às metodologias deverá ser breve e terá como função a introdução aos principais métodos de coleta de dados utilizados em trabalhos de avaliação.

     

    Sessão 4: Exercício prático (2h)

    Após o enquadramento mais teórico das principais questões que norteiam a definição de uma avaliação de projetos de cooperação para o desenvolvimento, os participantes serão desafiados a fazer um exercício prático em pequenos grupos. Este exercício permitirá aos participantes compreender de forma mais clara os passos que antecedem a preparação de uma avaliação de um projeto de cooperação para o desenvolvimento.

     

    Sessão 5: Resumo do workshop (1h)

    A última sessão do workshop é dedicada a uma breve revisão dos conteúdos abordados durante as sessões anteriores. Este exercício será acompanhado pela análise a uma ferramenta utilizada internacionalmente para guiar o desenho de um processo de avaliação, por forma a ajudar a sistematização de informações e a facultar aos participantes um instrumento de apoio para desafios semelhantes no futuro.