Search button
Others

Artigo de Professora do ISEG e membro do SOCIUS publicado na revista Forest Policy and Economics

Foi aceite para publicação na revista
Forest Policy and Economics (2010), o artigo "A theoretical economic model for choosing efficient wildfire suppression strategies", da autoria de Isabel Mendes, investigadora do SOCIUS e Professora Auxiliar do ISEG.

Resumo

Apesar dos crescentes esforços das autoridades para qualitativamente melhorar os meios para combate ao fogo, os incêndios florestais nas regiões mediterrânicas têm vindo a piorar, e existem receios que a situação tenha tendência para agravar-se. Num cenário de escassez de recursos, enormes restrições orçamentais e outras necessidades de escolha pública com prioridade equivalente ao do combate aos incêndios, parece ser necessário definir novas estratégias de gestão do combate a incêndios florestais, de forma a obter respostas eficientes à crescente complexidade económica e técnica no actual quadro dos incêndios florestais no Mediterrâneo. Neste artigo, procuramos clarificar como os instrumentos económicos poderão ser utilizados para melhorar a gestão do combate a incêndios e reduzir o risco de incêndios num contexto de escassez económica e risco de incêndio florestal crescente. Descrevemos como a teoria microeconómica tradicional do produtor pode ser utilizado para desenhar um modelo teórico que permite a escolha eficiente de estratégias de supressão de incêndios florestais. A par das técnicas de programação linear, GIS based data e programas informáticos de simulação, o modelo teórico eficiente permite aos responsáveis por estas áreas obter respostas a algumas questões chave que surgem ao longo dos processos de gestão de incêndios florestais e, em particular, na gestão do combate aos incêndios florestais.

 

Abstract

In spite of increasing efforts by the authorities to qualitatively improve means of fire fighting, the wildfire scenario in Mediterranean regions has been worsening and one fears that this situation will only be further aggravated. Within a scenario of resource scarcity, huge budgetary constraints and other public choices of equivalent priority to that of combating wildfires, new wildfire management strategies seem necessary to achieve efficient answers to the increasing complexity of the economic and technical Mediterranean forest fire framework. In this paper, we seek to contribute towards clarifying how economic tools can be deployed to improve wildfire management and decrease fire risk within a context of economic scarcity and increasing forest fire risk.Wedescribe how traditional microeconomic producer theory can be used to design a theoretical model enabling the choice of efficient wildfire suppression strategies. Along with linear programming techniques, GIS based data, and computer simulation programs, the efficient theoretical model enables those responsible to gain answers to some key questions arising throughout the course of wildfire process management, and particularly wildfire combat management.