Search button
Others

TÉCNICA JOVEM Caminhos da Ciência, Tecnologia e Sociedade

 

 Vivemos um período de crise. Crise nacional, europeia e mundial. Crise global. Crise financeira e crise económica. O discurso da crise instalou-se nos media com carácter quase permanente. Como é que o economista e o gestor encaram a crise? Vamos ouvir e conversar sobre estes assuntos. E vamos sair confiantes da sessão de hoje!


PROGRAMA

14:00 Receção

Prof. José Pereirinha, Vice-Presidente


14:30 A crise: viver com ela ou superá-la? O papel do economista e do gestor.

Prof. José Pereirinha


Como é que um economista ou gestor podem encarar uma crise económica? Vamos ver três respostas, dadas por professores da nossa Escola. Uma das respostas é tentar compreendê-la. Cabe ao economista descrever as suas dimensões, entender as suas causas, vislumbrar as variáveis de acção para a ultrapassar. E cabe ao gestor encontrar boas soluções, procurando encontrar, nos agentes económicos, os sinais de vitalidade da economia para revigorar a actividade económica.


14:45 As crises são todas iguais?

Profª Rita Martins de Sousa

Vamos falar das crises numa perspectiva de história económica. Uma crise económica é uma fatalidade histórica? Desde sempre conhecemos a existência de crises económicas. A actual é como as anteriores? Em que se distingue a actual? Será que o conhecimento das crises que se viveram no passado nos ajudam a enfrentar a actual?


15:15 Ser empreendedor em tempo de crise: ousadia ou utopia?

Prof. Nuno Crespo


O que é ser empreendedor? Fará sentido pensar-se que se pode ser empreendedor quando se vive um período de crise? Alguém nos leva a sério quando queremos criar um produto novo numa altura em que o consumo abranda e a economia emagrece? Temos de esperar que a economia reanime para por em prática, na produção, ideias que achamos ser boas? Vamos ver alguns exemplos que são animadores, mesmo em tempo de crise.


15:45 O que é bom sempre aparece … ou o segredo de um marketing bem feito

Profª Patrícia Tavares e Profª Cristina Baptista


Em época de crise há empresas que encerram. Mas também em época de crise há empresas que renascem. Porque são ajudadas (com subsídios), ou porque se conseguem reconverter, produzindo produtos com qualidade? E conseguem transmitir, aos consumidores, a ideia, certa, de que esses produtos têm mesmo qualidade, e vale a pena comprá-los? Qual o papel do marketing nesse sucesso? Vamos ver alguns casos de sucesso, mesmo em tempo de crise.

16:30 Visita à Escola

Helena Laymé


17:00 Encerramento