Search button
ULisboa

ISEG conduz análise da primeira fase do “Portugal Sou Eu”

Portugalidade e hábitos de consumo em estudo


Encontra-se a decorrer, durante a primeira quinzena de setembro, o trabalho de campo de um estudo sobre portugalidade conduzido por uma equipa do ISEG, contratada para o efeito, sobre produtos nacionais e hábitos de consumo dos portugueses, integrado na avaliação da primeira fase do Programa "Portugal Sou Eu".


O estudo visa ajudar a perceber que tipologia de produtos os consumidores identificam mais facilmente com Portugal, os setores em que a diferenciação é mais relevante para os consumidores nacionais, as suas motivações comportamentais perante os produtos nacionais e os critérios de exigência face à oferta.


No mercado interno a escolha do cabaz de compras tem um elevado impacto na economia nacional.


O Programa "Portugal Sou Eu" visa aumentar a perceção da portugalidade no consumo de produtos e serviços que produzem valor acrescentado para a economia e cuja produção contribui para a criação de emprego, para a dinamização do mercado nacional e para o equilíbrio da balança de pagamentos, bem como para o alargamento do leque de produtos incluídos numa escolha que se pretende cada vez mais responsável e criteriosa por parte dos consumidores.



Sobre o "Portugal Sou Eu"


O programa "Portugal Sou Eu" foi lançado em dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal para melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

São já várias as figuras públicas de diversos quadrantes da sociedade portuguesa que aceitaram o convite do Ministério da Economia para serem Embaixadoras do projeto, contribuindo com os seus testemunhos e presença em eventos para divulgar os objetivos económicos e sociais do programa: Carlos Coelho, Carolina Piteira, Cláudia Vieira, Cristina Ferreira, Cuca Roseta, Fernanda Freitas, Fernando Gomes, Henrique Sá Pessoa, João Manzarra, Júlio Magalhães, Justa Nobre, Luís Buchinho e Luís Onofre.


Até ao momento estão qualificados com o selo "Portugal Sou Eu" mais de 2 mil produtos que, no seu conjunto, representam um volume de negócios agregado superior a 1,3 mil milhões de euros. A grande maioria dos produtos tem patentes e/ou marcas registadas e 73 por cento integra o setor da alimentação e bebidas. No portal
www.portugalsoueu.pt estão registadas mais de 1000 empresas nacionais, cujos produtos estão em processo de qualificação.


A iniciativa tem financiamento do programa Compete e é gerida por um órgão operacional, formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, IP, a quem compete coordenar este mesmo órgão.

 

>
Nota de imprensa

 

Acompanhe o projeto em 
facebook.com/portugalsoueu