Search button
Seminários e Conferências

Ciclo de Seminários sobre Planeamento Alimentar Urbano | A Influência da Ética e da Justiça Alimentar na Cidade

14 Jun 18:00
Auditório do CIUL


A 6.ª e última sessão do Ciclo de Seminários sobre Planeamento Alimentar Urbano, organizado em parceria pelo  Colégio Food, Farming and Forestry (F3) e o Centro de Informação Urbana de Lisboa (CIUL), abordará o tema " A Influência da Ética e da Justiça Alimentar na Cidade" e contará com intervenções de Hunter Halder (Re-Food), Jorge Cancela (FA-ULisboa) e Rute Saraiva (FD-ULisboa).

Nas cidades observa-se transversalmente um fenómeno paradoxal de massificação das opções alimentares e, em simultâneo, de incremento de comida personalizada, situação que traduz problemas de coesão social e de justiça alimentar e que levanta sérias questões em termos éticos, particularmente num contexto de desenvolvimento sustentado e de estratificação social e económica evidente. Importa, assim, refletir sobre as escolhas e o papel do consumidor na cadeia de oferta de produtos alimentares, novas relações entre a produção e o consumo, em particular na sua relação com o ordenamento do território e as potencialidades da agricultura urbana e periurbana.

A sessão realiza-se no dia 14 de junho, pelas 18h00, no Auditório do CIUL – Rua Viriato, 13 – Picoas Plaza Núcleo 6-E, 1º 1050-227 Lisboa (mapa  aqui). 


Entrada livre com registo obrigatório. Limitado à capacidade da sala.
Registe a sua inscriçãoneste 6.º seminário:ciul@cm-lisboa.pt

Inscreva-se também na "Visita ao Sistema Alimentar de Lisboa, no dia 19 de junho, entre as 9h00 e as 17h30. Esta sessão encerrá este ciclo e inclui visita ao Mercado de Alvalade, Hortas da Associação para a Valorização da Alta de Lisboa (AVAAL) e Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL). Registe a sua inscrição até 14 de junho e garanta o seu lugar nesta visita: ciul@cm-lisboa.pt


Ciclo de Seminários sobre Planeamento Alimentar Urbano 
Este ciclo reúne à volta de seis temas especialistas da Universidade de Lisboa e de outros setores da sociedade com competências complementares, no que diz respeito a áreas de conhecimento e de atuação.
O Planeamento Alimentar Urbano como resultante do território, da produção, do consumo, da cultura e do ambiente é abordado com uma visão holística para gerar um debate multidimensional que interrogue expetativas e ações.