Search button
Eventos Culturais

Concerto | Antena 2

09 Out das 19:00 às 20:05
Aud. CGD, Quelhas

A Antena 2 apresenta:

ENSEMBLE DARCOS

David Van Dijke e Paula Carneiro, violinos

Reyes Gallardo, viola

Filipe Quaresma, violoncelo

Hélder Marques, piano


09 Outubro de 2014 | 19h00 | Auditório Caixa Geral de Depósitos – ISEG

(duração 65 minutos s/ intervalo)

Co-produção – concertos.antena2@rtp.pt | Tel. 21 382 00 15


PROGRAMA

F. Chopin (1810-1849) Sonata para violoncelo e piano em sol menor, Op.65

I. Allegro Moderato

II. Scherzo

III. Largo

IV. Finale
J. Haydn (1732-1809) Quarteto de cordas em sol maior, Op.77 nº1

I. Allegro Moderato

II. Adagio

III. Menuet. Presto

IV. Finale. Presto

 

ENSEMBLE DARCOS

David Van Dijke e Paula Carneiro, violinos

Reyes Gallardo, viola

Filipe Quaresma, violoncelo

Hélder Marques, piano
 
APRESENTAÇÃO:

O Ensemble Darcos foi criado em 2002, na cidade de Faro, Portugal, pelo compositor e maestro N. Côrte-Real. Na sua formação base, clarinete, violino, viola, violoncelo e piano, conta com os conceituados músicos Filipe Quaresma, Helder Marques, Reyes Gallardo, Fausto Corneo e Gaël Rassaert. O repertório do Ensemble tem como propósito a interpretação dos grandes compositores europeus de música de câmara, como Beethoven, Brahms ou Debussy, e a música de Nuno Côrte-Real; esta relação confere-lhe contornos de projeto de autor. Em termos instrumentais, o Ensemble Darcos varia a sua formação consoante o programa que apresenta, de duos a quintetos, até à típica formação novecentista de quinze músicos. Para o efeito convida regularmente músicos de excelência oriundos de várias regiões do globo, destacando-se, entre outros, o violoncelista Mats Lidström (solista e professor na Royal Academy of London), os violinistas Giulio Plotino (concertino da orquestra do Teatro La Fenice, em Veneza), Giulio Rovighi (primeiro violino do quarteto de cordas italiano Prometeo), ou o aclamado percussionista Miquel Bernat.

Desde 2006 o Ensemble Darcos efetua uma residência artística no concelho de Torres Vedras, Portugal, tendo iniciado em 2008 a TEMPORADA DARCOS, série de concertos de música de câmara comentados pelos mais pertinentes músicos e musicólogos portugueses da atualidade. Da sua atividade concertística, destacam-se os concertos na sala Magnus em Berlim, em Outubro de 2007, na estreia, em 2008, de um vídeo de Rui Gato, Margarida Moura Guedes e Ricardo Viana, sobre a obra de Olivier Messiaen, Quarteto Para o Fim dos Tempos, e na interpretação do quinteto de cordas em Dó maior de Franz Schubert, com a participação do conceituado violoncelista sueco Mats Lidström. Em Janeiro de 2012, o Ensemble Darcos interpretou o triplo concerto para violino, violoncelo, piano e orquestra de Beethoven, na famosa igreja de St. John's, Smith Square, em Londres, com direção musical de N. Côrte-Real; participou também n'Os Dias da Música 2008, no CCB, Lisboa, interpretando obras de Beethoven e Côrte-Real.

Em Janeiro de 2010, o Ensemble Darcos gravou para a Rádio Televisão Portuguesa uma série de canções de Cole Porter com os cantores Sónia Alcobaça e Rui Baeta, programa apresentado em Lyon, França, em parceria com a Camerata du Rhône. O CD VOLUPIA, primeiro trabalho discográfico do grupo e inteiramente dedicado à obra de câmara de Nuno Côrte-Real, foi lançado em Outubro de 2012, pela editora Numérica.