Search button
Eventos Culturais

Concerto Antena 2 | Cardo-Roxo

18 Mar das 19:00 às 20:10
Auditório CGD, Quelhas 6

Cardo-Roxo

Carmina Repas Gonçalves, Soprano e Viola da Gamba
Antony Fernandes, Barítono,  Säckpipa, Low Whistle, Flauta de Harmónicos
 
18 Março '15 |   
Auditório CGD – ISEG
19horas l duração 70 minutos
CO-PRODUÇÃO concertos.antena2@rtp.pt | Tel. 21 382 00 15
 
cardo roxo
 
Cardo-Roxo  é um duo  constituído por
Antony Fernandes e Carmina Repas Gonçalves , um casal de músicos residente no Porto. Este projeto nasceu em 2012 da vontade de reproduzir e fazer chegar ao público a música tradicional portuguesa com uma nova perspetiva.  
Cardo-Roxo  propõe uma abordagem baseada na escuta, no gosto pelo silêncio e pelo volume natural dos instrumentos utilizados sem amplificação ou outros efeitos artificiais. O objetivo é conceder delicadeza, acarinhar e ampliar a beleza e simplicidade da música tradicional portuguesa explorando ao máximo os recursos dos instrumentos e o espaço em que se encontram. A par com a dimensão contemplativa e partindo do objetivo didático e de reaproximação da música tradicional à humanidade, fazem uma escolha muito cuidada das melodias que lhes chegam através de recolhas áudio, vídeo e escritas sobre as quais constroem arranjos que respeitam as características sonoras e emotivas das mesmas. As suas músicas são assim originais e modernas no sentido em que as arranjam e embelezam de acordo com o nosso ouvido atual mas apelam à antiguidade e à ancestralidade da nossa tradição no sentido em que não alteram (tanto quanto possível) as características das melodias recolhidas. Assim, o público é convidado a viajar pelas paisagens sonoras portuguesas e, quem sabe, a ouvir melodias da sua infância, ao mesmo tempo que disfruta do prazer do detalhe e da envolvência do espaço sonoro em que se encontra.

 

Alvorada

A música que vos oferecemos é resultado de dois anos pesquisa e reflexão sobre as nossas tradições musicais mais antigas e a forma como sobrevivem até hoje, quer através de recolhas áudio, vídeo ou transcrições quer através de tradições vivas. Assim, este disco reflete o nosso primeiro contacto consciente com a enorme diversidade e complexidade da nossa música tradicional; de música instrumental a vocal, de música de festa a música de trabalho, da Madeira a Trás-os-Montes, procurámos entender e evidenciar a nossa identidade musical. Conscientes da enorme responsabilidade que é utilizar e modificar este repertório à nossa imagem, esforçámo-nos por não deturpar as características essenciais do mesmo, uma vez que para nós é fundamental divulga-lo de forma cuidada, informada e adequada à nossa instrumentação. Esperamos que seja do vosso agrado e que vos desperte a curiosidade para procurar e conhecer a nossa tradição musical que tem tando de bela como de surpreendente. 
 

Programa

Cantiga da Ceifa – Machico, Ilha da Madeira
Recolhida por
Artur Andrade e António Aragão
 
Eito Fora, Eito Fora – São Pedro do Sul, Viseu
Recolhida por
M. Giacometti
 
Passacalhes – Miranda do Douro
Recolhida por
A. Mourinho
 
Beijai o Menino – Miranda do Douro
Compilado por
J. A. Sardinha em "Portugal Raízes Musicais"
 
Fandango – Caldas da Rainha
Compilado por
J. A. Sardinha em "Portugal Raízes Musicais"
 
Fandango – Mafra
Recolhida por
D. Morais
Meu bem – Ilha Terceira, Açores
Compilado por
J. A. Sardinha em "Portugal Raízes Musicais"
 
Chula de Gouve – Gouve, Baião
Recolhida por
E. V. de Oliveira
 
Fado Corrido
Recolhido e transcrito por
César das Neves em "Cancioneiro de Músicas Populares Vol. III"
 
Entrai Pastores – Ferreira do Alentejo, Beja
Recolhida por
F. Lopes-Graça
 
Corridinho – Tavira
Grupo Folclórico de Tavira
Corridinho – Algarve
 
Alvorada – Rio d'Onor
Recolhida por
E. V. de Oliveira
 
Cântico ao Menino – Moura
Compilado por
J. A. Sardinha em "Portugal Raízes Musicais"
 
Senhora da Póvoa – Penha Garcia
Recolhida por
M. Giacometti
 
Canção em Lá lá lá – Penha Garcia
Recolhida por
M. Giacometti
 

Carmina Repas Gonçalves  | Soprano e Viola da Gamba

Iniciou os seus estudos musicais em pequena, tendo estudado piano, violino, canto e viola da gamba na escola de música Concertino e mais tarde no Conservatório de Música de Lisboa. Cantou em vários coros e dirigiu o coro de alunas da Escola de Dança Ana Mangericão durante 2 anos, tendo mais tarde feito um curso intensivo de direção coral no Instituto Piaget. A par com o seu interesse e gosto pela música e pelo ensino da mesma, desenvolveu outras competências artísticas como a dança, (estudando durante vários anos na Escola de Dança Ana Mangericão, na qual viria a desenvolver-se em vários tipos de dança) e o teatro, terminando a licenciatura em Produção Teatral na Escola Superior de Teatro e Cinema em 2009. Apesar de ter tido algumas experiências profissionais e académicas interessantes em teatro e dança, acabou por decidir que o seu caminho artístico seria dedicado sobretudo à música utilizando no entanto atualmente muitas das ferramentas adquiridas nesse processo de aprendizagem. O início do estudo da viola da gamba (2004) coincidiu com a descoberta da música antiga e da música tradicional, temas sobre os quais se tem debruçado desde então. No que diz respeito ao estudo da música antiga, licenciou-se em 2013 na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo através da qual teve a hipótese de fazer 1 ano de Erasmus na Kungliga Musikhögskola i Stockholm (Suécia). A par com o estudo da mesma, tem tocado com alguns músicos e grupos de renome como Concerto Atlântico (Dir. Pedro Caldeira Cabral), Sete Lágrimas (Dir. Filipe Faria e Sérgio Peixoto) e Arte Mínima (Dir. Pedro Sousa Silva) e tem participado regularmente em concertos com o Ensemble Marca d'Água e o Ensemble l'Aspiration. No que diz respeito à música tradicional, teve a possibilidade de estudar um ano na Sjövik Folkhögskolan na Suécia e tem feito algum trabalho de investigação como autodidata. O seu trabalho nesse âmbito passa sobretudo pela pesquisa e divulgação da música tradicional portuguesa, trabalho esse que pode ser visto principalmente através do seu duo Cardo-Roxo (com o qual tem feito concertos por todo o país e lançará o 1º CD brevemente) e do projeto educativo Cardo-Amarelo. Atualmente, a par com a sua atividade artística, trabalha como assistente do Curso de Música Antiga da ESMAE no qual organiza concertos, cursos e master classes.
 

Antony Fernandes | Barítono,  Säckpipa, Low Whistle, Flauta de Harmónicos

Nasceu a 31 de Março de 1984 em Paris, França e mudou-se para Felgueiras, Portugal ainda em criança onde desde cedo demonstrou grande aptidão para a música e para o teatro. Aos 17 anos ingressa numa companhia de teatro amador em Felgueiras, o Teatro Oficina Fonseca Moreira. Aí surge verdadeiramente o seu interesse pelo teatro e passados três anos entra na Academia Contemporânea do Espetáculo, no Porto. Foi durante esses anos que teve um contacto mais aprofundado com a música tradicional e que aprendeu a tocar gaita de fole com Ricardo Coelho. Terminou a sua formação em teatro com uma média de 16 valores e dois meses depois é contratado para trabalhar no Teatro Nacional São João, no Porto, num espetáculo chamado "O Café" de Carlo Goldoni encenado por Giorgio Barberio Corsetti e, mais tarde tornou-se parte do elenco da série televisiva "Morangos com Açúcar" como figurante especial. Fez também vários espetáculos na área do teatro de rua com grandes companhias dessa área tais como "Les Plasticiens Volants", França, e com "Titanic Theatre", Alemanha. No ano de 2009 fez parte do elenco do Centro de Criatividade da Povoa de Lanhoso onde realizou variados espetáculos. Em Setembro de 2009, querendo realizar os seus próprios projetos, decidiu aceitar o convite da Lérias, Associação Cultural sediada em Miranda do Douro, para dirigir uma companhia de teatro amador e para dar aulas de gaita de fole. Foi aí que, devido ao isolamento geográfico desenvolveu aptidões na escrita, encenação, cenografia e figurinos. Em 2011/2012 estudou música tradicional na escola Sjöviks Folkhögskola, na Suécia. Em Novembro de 2011 fez parte de uma leitura encenada, como músico, que se realizou no Mosteiro São Bento da Vitória em colaboração com o TeatroEnsaio e o Teatro Nacional São João. Em 2012 criou com Carmina Repas Gonçalves o duo Cardo-Roxo, grupo dedicado à preservação, desenvolvimento e divulgação da música tradicional. Faz parte da equipa Identidades, um grupo informal de pessoas ligadas à música tradicional responsável pela edição de uma revista trimestral, uma página web e um congresso anual.